quarta-feira, 24 jul 2024
InícioNotíciasGramado RSCalçados Beira Rio e Ferracini estão com expectativas elevadas para a Zero...

Calçados Beira Rio e Ferracini estão com expectativas elevadas para a Zero Grau

A proximidade da 13° edição da Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios está movimentando os bastidores do setor calçadista brasileiro. Além dos departamentos de designs que já finalizam as coleções outono/inverno 2024 para o varejo nacional e compradores internacionais, estão as atenções da inteligência comercial das fábricas para programar as vendas nos três dias do evento. A feira acontece nos dias 20, 21 e 22 de novembro, no Centro de Eventos do Serra Park, em Gramado (RS). “Todos os nossos expositores estão mobilizados para montar as melhores estratégias para atrair os compradores, pois não só podem incrementar ainda os negócios do final deste ano, como também já deixar amarrado o primeiro bimestre do próximo ano”, diz Frederico Pletsch, diretor da Merkator Feiras e Eventos, empresa promotora da feira.

Maribel da Silva, diretora Comercial e de Marketing da Calçados Beira Rio, destaca a Zero Grau como um momento importante para a indústria de calçados. Para ela, a feira oferece a oportunidade de apresentar coleções aos lojistas e demonstrar o compromisso em atender às expectativas deles de seus consumidores, “proporcionando-lhes uma experiência de compra que vai além do ato de adquirir um par de sapatos. É todo um envolvimento”, diz ela.

Para a Beira Rio, a Zero Grau é estratégica, permitindo que a empresa direcione suas ações de marketing e mídias sociais, transformando a experiência de compra em um processo completo. “A empresa se esforça para atender à demanda de consumidores criteriosos que buscam um equilíbrio entre custo e benefício em suas compras, além de estarem alinhados com as tendências de moda. O feedback e o conhecimento adquiridos na feira são repassados pelos lojistas para seus clientes em suas próprias lojas”, acentua ela.

Maribel também ressalta a importância da presença de importadores na feira em Gramado pois buscam as coleções brasileiras que mais se adaptam aos seus países, mas privilegiam na Zero Grau calçados fechados e confortáveis, fazendo uma seleção criteriosa na feira. A Beira Rio atende a 80% de lojistas do mercado interno e cerca de 20% de compradores estrangeiros, durante os três dias do evento.

Roberto Barbosa, CCO da Ferracini, vê na Zero Grau uma oportunidade significativa para mostrar a coleção masculina de outono/inverno 2024 e capitalizar as negociações que o evento proporciona. “A feira não só permite a comercialização da coleção de outono/inverno 2024, mas também atende à demanda de final de ano e à temporada de alto verão, alinhando-se com a data da Zero Grau e atraindo uma ampla clientela”, enfatiza Barbosa.

A participação na Zero Grau impacta significativamente a produção da Ferracini durante os três dias do evento. “A empresa se esforça para suprir os pedidos gerados pela feira, proporcionando produtos atrativos que fazem a diferença no desempenho dos lojistas e garantindo a agilidade na logística, de modo que os calçados cheguem às lojas no momento certo”, diz ele. Barbosa enfatiza o impacto positivo da feira nas vendas internacionais da Ferracini. “A atração de compradores internacionais para Gramado tem contribuído para a expansão do alcance global da marca”, sublinha Barbosa.

Na próxima edição da feira, a Ferracini está focada em apresentar um mix assertivo de soluções de moda casual em calçados. A empresa está investindo em novos designs, materiais de alta qualidade e destacando suas tecnologias exclusivas, como Dry, Flow e Float, além da Greenwave, uma linha ecoeficiente, para oferecer produtos únicos e diferenciados. Barbosa ressalta o compromisso da Ferracini em proporcionar uma experiência excepcional, desde a qualidade dos produtos até o atendimento personalizado, a fim de atrair e motivar lojistas nacionais e internacionais a escolherem produtos Ferracini para suas lojas. “Contando com todos estes atributos das empresas, das marcas e dos produtos acreditamos que teremos uma edição bem marcante neste ano, necessária para uma virada de mercado tanto para a indústria como para o lojista com uma bela movimentação na economia”, finaliza Pletsch.

Fonte|Foto: | Dinarci Borges
Mais Notícias

Roteiros em Destaque