InícioNotíciasGramado RSGramado Parks promove ações focadas no auxílio das pessoas impactadas pelas enchentes

Gramado Parks promove ações focadas no auxílio das pessoas impactadas pelas enchentes

Com o objetivo de auxiliar o Rio Grande do Sul em um momento tão delicado, o CEO da Gramado Parks, Ronaldo Beber, fundou de forma emergencial o Instituto Gramado Parks, abrindo uma conta específica para arrecadar donativos feitos pela empresa e por terceiros que foram destinados às vítimas das enchentes que assolaram o Estado.

De acordo com o executivo, a meta inicial era arrecadar R$ 85 mil para a compra e distribuição de 5 mil cobertas. No entanto, com o alto engajamento alcançado, foi possível adquirir 8,8 mil cobertores – número que representava 10% das pessoas acolhidas em maio nos abrigos gaúchos. “Doamos todos para pessoas que estavam acolhidas em abrigos. O Estado é conhecido pelas tradicionais frentes frias e, esse esforço, fez trouxe mais dignidade para quem já estava longe de casa. Somos muito gratos a todos que contribuíram”, afirma.

Essa não foi a única ação promovida pela Gramado Parks, que continua engajada em auxiliar o maior número de pessoas possíveis que tenham sido impactadas pela enchente.

Outras empresas do grupo, como as rodas-gigantes Yup Star do Rio de Janeiro e de Foz do Iguaçu se uniram para ajudar, virando ponto de coleta de donativos.

Desde o segundo dia pós-chuvas, os parques Snowland e Acquamotion, bem como os hotéis Buona Vitta, Exclusive, Bella Gramado e o escritório administrativo se tornaram postos de coleta para doações de alimentos, produtos de limpeza, itens de higiene pessoal, roupas e cobertores.

A logística das entregas para os necessitados tem sido feita pela própria empresa que também arrecadou e fez a doação de toalhas de banho e roupas de cama, produtos de limpeza, cadeiras, mesas e colchões, entre outros itens, para os necessitados.

As cozinhas dos empreendimentos do Grupo foram utilizadas para o preparo de refeições prontas, como marmitas e lanches, que foram entregues na região vizinha de Três Coroas, Igrejinha e Canoas. “Foram entregues mais de 2mil marmitas em vários pontos afetados pelas chuvas”, conta Beber.

Para levar um pouco de alegria às vítimas das enchentes, a equipe artística composta pelos personagens, bailarinos e animadores dos parques Snowland e Acquamotion foram enviados para abrigos e centros de acolhimento. O objetivo foi entreter as crianças e levar esperança para os pequenos.

A Gramado Parks também acolheu em seus hotéis funcionários e familiares que perderam suas moradias, nos apartamentos que pertencem ao Grupo. “Somos solidários com todos que estão vivendo esse triste momento”, diz ele, que completa: “Organizamos, ainda, um sistema de doações/vaquinha para apoiar outros funcionários impactados. Estes estão recebendo o dinheiro diretamente em suas contas”.

A corrente do bem se expandiu e muitos colaboradores apoiaram na limpeza, organização e distribuição de mantimentos que foram arrecadados, entregando diretamente as pessoas que foram afetadas nas comunidades.

O Grupo também fez extração de água do Aquífero Guarani, que abastece o parque de águas termais Acquamotion, e doou para milhares de gaúchos afetados.

O diretor de Operações do Acquamotion, Peterson Perin, explica que a empresa possui a concessão de lavra para a captação de água mineral desde 2020, desta, que é uma das reservas subterrâneas mais importantes do planeta, regulamentada junto à Agência Nacional de Mineração.

O executivo destaca que a decisão de produzir água potável para doação passou pelo entendimento de que isso poderia garantir a sobrevivência de muitas pessoas que estavam sem abastecimento. “Produzimos água, somos um parque de águas, essa é a nossa expertise.

Nosso foco foi levar esse recurso natural e fundamental para quem estava batalhando pela vida, em situações críticas”.

Perin conta, ainda, que a entrega foi feita em localidades afetadas pelo racionamento através de caminhões pipa, que foram conseguidos através do contato com prefeituras e o governo, que apoiaram na distribuição.

Ronaldo Costa Beber destaca que o Turismo é uma das molas propulsoras para a reconstrução das cidades da serra que foram afetadas. E, por isso, pede àqueles que possuem viagens agendadas que não desmarquem, mas reagendem.

Ele reforça que os hotéis do grupo estão operando normalmente, com toda comodidade para atender os hóspedes com a excelência de sempre. E os parques Snowland e Acquamotion estão abertos e funcionando plenamente. “Nossos empreendimentos, a partir do trabalho de uma equipe comprometida, seguem oferecendo alto nível de qualidade aos clientes. Temos fé de que vamos superar essa fase, pois juntos somos mais fortes”, finaliza.

As principais vias de acesso a Gramado já estão liberadas. Além disso, o transporte público local já foi reestabelecido.

 

Fonte|Foto: Insider2 |
Mais Notícias

Roteiros em Destaque