quarta-feira, 12 jun 2024
InícioNotíciasCâmara Municipal de GramadoCinco Moções de Aplausos são entregues em sessão solene da Câmara de...

Cinco Moções de Aplausos são entregues em sessão solene da Câmara de Gramado

Na noite desta quarta-feira, dia 20, a Câmara de Vereadores de Gramado realizou a entrega de cinco Moções de Aplausos na última sessão solene do ano. Foram homenageados na ocasião o restaurante Il Piacere, pelos seus 30 anos de atividades, com proposição do vereador Renan Sartori (MDB); o restaurante Galeto Itália pelos seus 30 anos, através de indicação do vereador Celso Fioreze (PSDB); o Gramadozoo pelos seus 15 anos de atividades, com proposição do vereador Volnei da Saúde (Progressistas); a loja Tomasini Tricot pelos seus 35 anos e o projeto Supermulheres pelos 10 anos – ambas tendo a vereadora Rosi Ecker Schmitt (Progressistas) como proponente.

Confira o histórico dos homenageados

Il Piacere
Fundado no dia 10 de dezembro de 1993, dando sequência aos negócios da família, foi conhecendo alguns restaurantes na Argentina e no Uruguai que trouxeram a “parrilla”, sendo o pioneiro nesse segmento em Gramado, agregando ainda as carnes de cortes nobres. Na mesma época, foi implementada a pizza forno à lenha, que de imediato conquistou os gramadenses e turistas.

Desde então, o Il Piacere está sempre em busca de conhecimento, atualização e capacitação. Além de todo e empenho em manter um clima organizacional positivo dentro da empresa, contribui com as ações sociais da cidade, ajudando as entidades e sendo parceiros em eventos. Para Valdinei Ecker, junto da sua família, é um orgulho muito grande estar há 30 anos no mercado, sendo prestigiado por tantas pessoas queridas, turistas e amigos gramadenses que fizeram e fazem parte da história do estabelecimento.

Galeto Itália
O restaurante Galeto Itália foi inaugurado em 15 de dezembro de 1993, na época era chamado de Galeto D`Itália. O restaurante de culinária italiana com especialidade no tradicional galeto ao primo canto, passou a se chamar Galeto Itália em 1996, mas nunca perdeu sua característica, com comida típica italiana, massas elaboradas na própria casa e atendimento familiar.

O interior do estabelecimento conta com um ambiente acolhedor e familiar, mistura itens rústicos e antiguidades, oferecendo aos seus visitantes, além de conforto, uma volta ao passado. São 207 rádios antigos além de ferramentas e acessórios rústicos. No início o restaurante foi inaugurado com o sócio José Fernando Kehl, porém com o passar dos anos os filhos que continuam na operação do restaurante.

Projeto Supermulheres
O projeto foi idealizado por Ivanir Scherer, que é natural de Maravilha (SC). Começou a trabalhar aos 13 anos, em casa de família, depois trabalhou em uma rádio durante cinco anos. Chegando no RS, voltou aos meios de comunicação, iniciando em Nova Petrópolis, no jornal Nova Expressão, fundado por ela e seu esposo, Cláudio, onde atuaram por sete anos. Ivanir e Cláudio Scherer moram em Gramado há 21 anos. São diretores do Jornal Integração, através do qual há 10 anos iniciou um projeto chamado Supermulheres. Ivanir decidiu iniciar este trabalho, ao observar que muitas vezes a capacidade e a atuação da mulher passam despercebidas no meio em que ela vive.

Ao iniciar o trabalho em 2013, Ivanir escreveu a história de mulheres dos mais diversos meios de atuação. Em 2019, passou a publicar a trajetória das mulheres que desempenham um papel de liderança na comunidade, seja como empresária, líder de um grupo ou de entidades sociais.

No ano de 2021 foi lançada a primeira edição da Revista Supermulheres, com o intuito de relembrar e eternizar a história de mulheres batalhadoras e persistentes, que lutam incansavelmente para atingir seus objetivos. A revista está em sua terceira edição.

Em 2022, Ivanir criou o Fórum da Mulher, sendo realizado no Serra Park, durante o Festuris, onde aconteceu a 2ª edição no dia 11 de novembro de 2023. E fechando uma década, Ivanir relata que 2023 foi um ano super especial, o trabalho foi inovado com lives, com transmissão direta das empresas, e através da página do Facebook do Jornal Integração.

Tomasini Tricot
A Malharia Tomasini Tricot teve início em 14 de dezembro de 1988, em uma família que aprendeu a trabalhar com tricô desde cedo. Optaram por colocar o nome da empresa de “Tomasini Tricot” para homenagear a família. Onilda Tomasini, a mãe, era formada em corte e costura e as irmãs Lurdes, Maria Helena e Margarete. Inicialmente, adquiriam os fios e produziam as malhas no tradicional estilo tricô de Gramado, como era conhecido. Com o uso de uma pequena máquina, e movidas por grande determinação e conhecimento, a empresa expandiu gradualmente.

Eles estabeleceram lojas no centro de Gramado e também na Rótula das Bandeiras, onde permaneceram ao longo de 20 anos. Durante a pandemia mudaram o local da loja para um estabelecimento próprio (casa dos pais), no bairro Planalto. Em 2021 fizeram uma grande reforma no intuito de ampliar a loja e, infelizmente, em 27 de dezembro de 2022, um sinistro queimou toda loja levando a perda total de todos os produtos.

Mesmo com todas as dificuldades decidiram continuar com a empresa. Hoje contam com 20 colaboradores, entre funcionários e terceirizados. Apesar das dificuldades e da perda causada pelo incêndio, a malharia segue adiante, com determinação, força e fazendo moda em tricot. Recentemente, na reabertura, em julho de 2023, a empresa promoveu uma campanha solidária juntamente com o Lar de Idosos Maria de Nazaré, oferecendo descontos em troca de alimentos doados para ajudar a instituição. A frase que define a força das empresárias está na parede na entrada da loja: “Um olhar para o passado para viver o futuro”.

Gramadozoo
O Gramadozoo contempla bem-estar animal, educação, pesquisa, conservação ambiental e entretenimento. Inaugurado em 20 de setembro de 2008, o Gramadozoo quebrou paradigmas e apresentou um novo conceito em zoológicos. Sem grades ou jaulas, o parque trouxe grandes recintos e viveiros de imersão que reproduzem com fidelidade o habitat das espécies. Com animais exclusivamente da fauna brasileira, a maior biodiversidade do planeta, o zoológico de Gramado tem como eixos básicos de atuação o bem-estar animal, pesquisa e conservação de espécies ameaçadas e educação ambiental.

Ao completar 15 anos, em 2023, o parque lançou também de forma inédita o conceito de zoo regenerativo. Um novo recinto está sendo preparado para receber os animais com condições de serem reintroduzidos na natureza. Será um local especial onde eles não terão contato algum com humanos, mas poderão ser observados e acompanhados pela equipe técnica e também pelos visitantes.

Com o zoo regenerativo, o Gramadozoo busca alertar sobre a importância ambiental e social dos zoológicos. No recinto especial de regeneração, os animais receberão o mínimo possível de interferência humana. O trabalho vai visar primordialmente à reintrodução. Sem qualquer contrapartida financeira, o Gramadozoo atende emergencialmente, desde antes de sua abertura, animais silvestres resgatados em Gramado e região. Os que possuem condições são reintroduzidos na natureza.

O cuidado com bem-estar animal e os projetos de educação ambiental renderam importantes distinções ao zoológico. Em 2013, o zoo foi considerado destaque em bem-estar animal pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRVM/RS). Venceu o prêmio Inovação do Turismo RS, que foi concedido pela Secretaria Estadual de Turismo, em 2013 e 2014. Os usuários do TripAdvisor também elegeram o parque como o melhor do segmento na América Latina e um dos 25 melhores do mundo.

No zoo de Gramado, espécies em extinção recebem cuidados especiais para reprodução e pesquisa. Com hospital veterinário e ambientes especiais para os animais de clima quente, o zoológico possui uma equipe especializada de biólogos, veterinários e educadores ambientais.

Em área de 20 hectares, o zoo possui um percurso de 2 mil metros, onde o visitante recebe informações dos educadores ambientais e das placas ilustrativas com fácil leitura. Para virar referência, foram cinco anos até a abertura do parque ao público: três anos de pesquisa e dois de construção, o que dá uma ideia dos cuidados envolvidos na implantação do Gramadozoo. Com uma vista magnífica dos vales, o restaurante do Gramadozoo – em formato de oca indígena – tem capacidade para atender mais de 200 pessoas. O parque conta ainda com exclusiva loja de produtos que valorizam a fauna brasileira, onde parte do valor arrecadado é revertido para pesquisa e conservação de espécies ameaçadas de extinção.

Fonte|Foto: Câmara Municipal de Vereadores de Gramado | Letícia de Lima/Câmara de Gramado
Mais Notícias

Roteiros em Destaque